Documentário "Eating your way to extinction", agricultura animal e mudança climática
Uncategorized

Comendo Até à Extinção

Estudos mostram que a mudança climática e as faltas de água estão diretamente relacionadas com a quantidade de carne que consumimos. Não vamos ser bem sucedidos até que paremos com a agricultura animal.

– Trailer do documentário Eating Your Way to Extinction.


Se ainda não o fizeram, podem subscrever aos novos conteúdos aqui!

Conteúdo traduzido do vídeo Eating Our Way To Extinction Trailer da campanha de crowdfunding por Otto e Ludo Brockway, publicado a 29 de novembro de 2016

[expand title=”Abrir a Transcrição aqui:” swaptitle=”Recolher Transcrição” trigclass=”noarrow” tag=”div” id=”com-comextrailer”]

Comendo Até à Extinção – Trailer

A indústria mais destrutiva do mundo está a destruir a nossa saúde, custa triliões em dinheiro, é incrivelmente cruel e está a destruir o nosso mundo.
Estamos, como todos vocês sabem, à beira de um abismo climático. Locais por todo o mundo viram calor extremo, incluindo um recorde no Kwait de 129… Abre a janela… Oh meu Deus! – Estão pessoas na água! – Oh meu Deus!
A principal força propulsora por detrás da extinção de espécies, por detrás da poluição da água e do ar, é este sistema de agricultura animal. agricultura animal… agricultura animal… agricultura animal… agricultura animal… Estudos mostram que a mudança climática e as faltas de água estão diretamente relacionadas com a quantidade de carne que consumimos. Não vamos ser bem sucedidos até que paremos com a agricultura animal. “Uma mudança global em direção a uma dieta à base de plantas é vital” “para se salvar o mundo dos piores impactos da mudança climática.” – Nações Unidas.
Doença cardíaca, cancro da próstata, cancro do cólon, cancro da mama, artrite reumatóide, esclerose múltipla… Eu sabia, naquela altura, o que causava a maioria das doenças. produtos animais… proteína de base animal… proteína animal… Pessoas que aumentam o seu consumo de alimentos à base de plantas, e diminuem o consumo de alimentos animais, de facto têm uma vantagem de sobrevivência, de facto vivem mais anos do que aqueles que não o fazem.
— Expondo a economia distorcida — Apenas na União Europeia metade do seu orçamento é usado para financiar a produção de gado. Por toda a Europa, 80% dos pagamentos diretos vão para apenas 20% dos agricultores. Quando se olha para de quem é este lobby do sistema agrícola, é dos maiores produtores de carne. Eles ditam as políticas federais em torno da produção alimentar, por terem tanto poder… O governo deu 30 biliões de dólares para financiar carne barata… …e não deram nenhum dinheiro para a indústria dos vegetais…
Pesquisa científica recente descobriu que os animais de quinta estão longe de serem estúpidos. O mais próximo deles a que a maioria de nós chega, é no supermercado, Mas você sabia o quão inteligentes e sensíveis eles são? E como as decisões que fazemos todos os dias afetam diretamente as suas vidas?
Um movimento está a crescer. Dezenas de milhões de americanos mudaram a sua dieta de refeições centradas em carne para outras ricas em vegetais, grãos, feijões e outros alimentos à base de plantas. Não só é uma mudança de estilo de vida mais saudável, como também ajuda a mudar a nossa pegada ambiental.
A coisa número 1 que podes fazer, é simplesmente PARAR DE COMER CARNE. Comendo em direção à extinção. Por favor ajude a fazer deste vídeo um sucesso mundial. Veja o link na descrição.Recolher Transcrição[/expand]

Estes conteúdos são traduzidos e/ou legendados por voluntários motivados pelo desejo de facilitar o conhecimento a todos e assim melhorar as nossas vidas. Qualquer pessoa pode fazer o mesmo.
Para iniciar ou sugerir uma tradução, clique aqui.
Anúncios
Standard
Uncategorized

A Conspiração das Vacas: O Segredo da Sustentabilidade

Veja aqui o documentário que as grandes organizações ambientais não querem que vejam. No fundo desta publicação, já legendado em português encontram o documentário Cowspiracy: The Sustainability Secret, documentário ambiental inovador que segue o intrépido cineasta Kip Andersen há medida que ele revela a indústria mais destrutiva que o planeta enfrenta hoje – Kip Andersen, a determinada altura, encontra-se num dilema pois este documentário pode custar-lhe a vida. Exactamente, isso é o quão alto é o jogo das organizações ambientais milionárias e que estão com muito medo de falar sobre o assunto. Há uma indústria bilionária que as financia: a produção animal (pecuária).

Cowspiracy: The Sustainability Secret é um documentário ambiental inovador onde Kip Andersen descobre estar em risco de vida quando investiga porque as organizações ambientais como a Sierra Club ou a Greenpeace não querem falar sobre a pecuária (agricultura ou produção animal) ser a principal causa de aquecimento global, desflorestação, crise de água, acidificação do oceano, emissões de gases estufa e muitos outros.

A verdade é que a agropecuária é a principal causa do desmatamento, e logo também a seca, consumo e crise da água e poluição, é responsável por mais gases de efeito estufa do que todo o setor de transporte, e é o principal motor da destruição da floresta, extinção de espécies, perda de habitat, erosão do solo, “zonas mortas” nos oceanos, e praticamente todos os outros problemas ambientais como o gravíssimo aquecimento global fugidio e restantes alterações climáticas. No entanto ela continua, quase inteiramente, sem contestação. Á medida que Andersen confronta os líderes do movimento ambiental, ele descobre cada vez mais o que parece ser uma recusa intencional de discutir a questão da agricultura animal (ou produção animal), enquanto denunciantes da indústria e “cães de guarda” o alertam dos riscos para a sua liberdade e até mesmo para a sua vida se ele se atrever a persistir.
Tão revelador como «Blackfish» e tão inspirador como «Uma Verdade Inconveniente», este documentário chocante e humorístico revela o impacto ambiental absolutamente devastador que a pecuária tem sobre o nosso planeta, e oferece um caminho para a sustentabilidade global para uma população crescente.

O texto acima é uma tradução não integral do site original http://www.cowspiracy.com/ mas retirado e adaptado de outro website inspirador: http://www.mddvtm.org e recomendado neste outro site que também promete ser uma fonte regular de bons conteúdos: http://focoempatico.net/
Vejam! Vai ser elucidativo e transformador. Deixem de lado a moral e os sentimentos de culpa, mas antes com um espírito de curiosidade e descoberta, é caso para se dizer “Se comes carne, não digas que és um ambientalista”.

Standard